Notícias das reuniões da FAI

11/03/2007 - Publicado por: Lisinho - Categoria: Geral - Tags:

A FAI - Federation Aeronautique Internationale realizou duas reunies nos ltimos meses, cujas atas foram recentemente publicadas.

No que diz respeito ao Parapente, a boa notcia que em 2007 houve um grande aumento de eventos registrados - foram realizados mais de 200 eventos desse nvel. Contudo, como disse o presidente do CIVL (Comisso Internacional de Vo-Livre), Mr Flip Koetsier, tal aumento tambm trouxe alguns problemas.

Em especial, ele ressaltou os problemas de ausncia de controle de licenas FAI por parte dos pilotos participantes. Ele lembrou que "precisa ficar claro para os organizadores que somente pilotos portando uma licena FAI podem participar de tais eventos, e que responsabilidade dos organizadores controlar isso."

Para combater esse problema, foram aprovadas algumas medidas:

1 - At o final do ano de 2007, a FAI pretende implantar um registro centralizado de Licenas FAI emitidas pelas entidades nacionais (NACs). S sero aceitos pontos de pilotos cujas licenas estejam listadas nesse registro.
2 - Desde j, caso os organizadores enviem tabelas de resultados onde apaream os nmeros de licena FAI de alguns pilotos, mas no de todos, os resultados sero desconsiderados inteiramente.

A ABP apia essas medidas, j que refletem exatamente os procedimentos que j vnhamos adotando no Brasil, como representantes do Parapente Brasileiro.

Alm disso, o presidente da FAI, Mr Pierre Portmann, informou que "a FAI foi procurada por determinados grupos de pilotos de Parapente e Asa de alguns pases, que no so necessariamente afiliados s NACs ou s federaes de Parapente e Asa desses mesmos pases, mas que alegam representar a maioria dos pilotos de tais pases. Tais grupos de pilotos, que sem dvida tem as melhores das intenes, precisam se conscientizar de que a FAI e o CIVL somente vo se relacionar com as NACs afiliadas FAI."

Essa, na verdade, apenas a reafirmao do princpio "Um pas, uma NAC", adotado pela FAI h dcadas e que evita desencontro de informaes e sobreposio de autoridades. Com isso, ficou claro que nada mudou: o Aeroclube do Brasil o representante da FAI no Brasil (NAC) e a ABP representa o Parapente.

Outras medidas foram aprovadas, como normas concretas de punio de pilotos que voam dentro de nvens, repetidamente desrespeitem o sentido de giro da termal, adotem comportamento agressivo em vo ou faam acrobacias sobre o goal.

Sobre marcao de vos, a FAI anunciou o incio do teste do sistema ATMOS, um programa de registro de vos online semelhante aos exsitentes hoje, mas que ser administrado pela prpria FAI e se destina a se tornar, a longo prazo, um grande repositrio de registros de vo, permitindo estudos histricos e estatsticos de todas as modalidades englobadas pela FAI. A primeira modalidade a integrar o sistema ATMOS ser o balonismo. Alm disso, a partir de 1 de maio de 2008, somente sero aceitos em competies FAI equipamentos de GPS dotados de marcao de altitude.

Foram rediscutidas as regras de formao de equipe para eventos categoria 1, aps um inciedente infeliz envolvendo a equipe de Portugal, que levou esse pas a boicotar o Mundial de Manilla.

Mais informaes podem ser encontradas nos documentos oficiais:

http://www.fai.org/hang_gliding/meetings/bureau/2007_feb http://www.fai.org/hang_gliding/meetings/plenary/2007 http://www.fai.org/hang_gliding/LocalRegulations http://www.fai.org/general_conference/2006

ABP - Associação Brasileira de Parapente - Copyright 2021 © Todos os direitos reservados.